quarta-feira, 19 de junho de 2013

O PORQUÊ DE USARMOS A HÓSTIA E O VINHO!



Por quê os Episcopais usam hóstia e vinho e não pão e suco de uva?

Hoje quero responder esse questionamento que é motivo de tantas críticas a Igreja Episcopal.

Primeiro, é bom que saibamos o que é a hóstia.

Essa palavra (do latim hostia) quer dizer vítima. A Igreja antiga teve a idéia de aplicar o termo hóstia as partículas utilizadas na Eucaristia, referindo-se a Jesus, que se deixou imolar (vitimar) para a felicidade e salvação da humanidade.

Essas partículas, nada mais são do que o pão feito somente de trigo, sem fermento e cortado em forma circular. Na antiguidade era feito de forma artesanal nos mosteiros e cortados a mão, pelos monges. Hoje já existem máquinas que fazem esse trabalho.  

O que é interessante ressaltar é que a Hóstia utilizada na Igreja Episcopal, bem como, na Igreja Católica, faz referência ao pão ázimo da Bíblia.

Durante o período de escravidão do povo Hebreu (Judeu) no Egito, as mulheres judias faziam o pão e colocavam para fermentar durante a noite. Porém, na noite em que o povo foi liberto por Móisés, tiveram que deixar o Egito rapidamente, meio que às pressas, e não tiveram tempo das mulheres prepararem o fermento. O pão feito foi levado sem fermento (chamado de pão ázimo, ou asmo). A partir desse episódio, todos os anos o povo Hebreu comemorava a libertação da escravidão do egito com uma festa.(A Páscoa Judaica) e nessa comemoração, comiam o pão sem fermento.

Jesus, que era judeu, na última ceia (quando ele instituiu a eucaristia) junto com seus doze apóstolos, comeu o mesmo pão sem fermento e bebeu o vinho, dizendo que aqueles representavam seu corpo e seu sangue...

Por esse motivo, a Igreja Episcopal utiliza a hóstia (pão sem fermento) e o vinho, da mesma forma que o Nosso Senhor Jesus, utilizou! 

As Igrejas que surgiram pós reforma protestante, com um ávido anseio de serem o avesso da Igreja Católica, retiraram de sua litúrgia tudo o que parecesse com o catolicismo. Sendo assim, a hóstia foi substituída pelo pão normal, cortado em pedacinhos, o cálice abolido e o vinho, trocado pelo suco de uva.

Com isso temos uma grande tristeza e uma grande ironia.

A grande ironia é o fato de que as Igrejas Evangélicas, abominam a hóstia e o vinho, mas não percebem que se formos seguir as escrituras ao pé da letra, a hóstia e o vinho são os elementos mais próximos aos utilizados por Jesus na santa ceia. Já o suco de uva e o pão fermentado, estão distantes da realidade bíblica.

A grande tristeza é que os Evangélicos Protestantes, tornaram-se tão cégos, que estão mais preocupados com o a aparência e o formato dos elementos, do que com o que eles representam. Vale a pena lembrar que nós Episcopais não estamos presos a forma, e temos liberdade para utilizarmos o pão em alguns de nossos eventos, como já fazemos! 

O Rev. Richard Wurmbrand, um pastor luterano da Romênia, que foi preso e torturado durante o regime comunista em seu país, pelo único fato de ser cristão, escreveu em um de seus livros, que certa vez na prisão os muitos pastores, padres e cristãos que estavam presos, sentiram no coração, no espírito, a vontade de fazer uma ceia, uma eucaristia em gratidão ao Senhor. Contudo, não tinham hóstia, nem pão, nem suco e nem ao menos vinho ou qualquer coisa... Mesmo assim, fizeram a ceia com o NADA que tinham em mãos e foram colocando a hóstia ou pão (imaginários) na boca e tomando o vinho ou suco (também imaginários). O Dr. Wurmbrand relata que foi a eucaristia mais especial e espiritual de toda a sua vida!

Quem dera que nosso povo cristão um dia tenha essa consciência espiritual de que a forma jamais pode presvalecer sobre a essência!

Com esperança, 
Rev. Rodolfo.

   




3 comentários:

  1. Ainda é relevante o fato que como episcopais relembramos este sacramento semanalmente. Para mim (Hoje) um culto sem a Eucaristia me deixa com a sensação de que está faltando alguma coisa!

    ResponderExcluir
  2. Li o blog inteiro... rsrs, muito boas explicações e dissertações sobre os temas Pr, Pe, Rev... rsrsr
    Estou muito feliz em fazer parte dessa comunidade, onde o único objetivo é a adoração ao nosso maravilhoso Deus!
    Posta mais, posta mais!!! rsrsrs
    Abraço!!!

    ResponderExcluir
  3. Há pessoas com problemas de alcoolismo que precisam, por motivos de saúde, evitar qualquer quantidade de álcool para evitar a fissura. Nesse caso, eles podem ser dispensados da cerimônia do vinho?

    ResponderExcluir